PROJETOS DA COPA 2014 EM MANAUS

PROJETOS DA COPA 2014 EM MANAUS

sábado, 10 de novembro de 2012

GASTOS DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES 2013 TRIPLICAM EM RELAÇÃO A 2005.

FONTE: http://www.portal2014.org.br/noticias/11027/GASTOS+DA+COPA+DAS+CONFEDERACOES+2013+TRIPLICAM+EM+RELACAO+A+2005.html

No Brasil, as seis arenas custarão R$ 3,97 bilhões; Alemanha gastou R$ 1,32 bilhão.

A Copa das Confederações 2013 será mais cara que as edições da Alemanha, em 2005, e da África do Sul, em 2009. No Brasil, as seis arenas escolhidas pela Fifa custarão R$ 3,97 bilhões.
 
O gasto é três vezes maior que o custo alemão, que chegou a R$ 1,32 bilhão na reforma de cinco estádios. Quatro anos depois, a preparação de quatro arenas sul-africanas utilizou apenas R$ 240,5 milhões na adequação de quatro locais.
 
Um dos fatores que explica tal fato é o tamanho das arenas. Em 2005, todos os estádios alemães contabilizavam menos de 50 mil lugares. Na África do Sul, apenas o Ellis Park, com capacidade para 61 mil espectadores, ultrapassava essa marca. Já no Brasil, exceção feita à Arena Pernambuco, todos os estádios da Copa das Confederações têm mais de 50 mil cadeiras --no Maracanã e no Mané Garrincha são mais de 70 mil.
 
O país também mostra falha nos prazos de conclusão das obras. Na Alemanha, a 12 meses da Copa das Confederações, dois estádios já haviam sido entregues. O terceiro foi concluído faltando seis meses para a abertura. Dois deles ficaram pronto às vésperas do torneio-teste.
 
Até dezembro deste ano, apenas o Mineirão e o Castelão devem ser entregues. Maracanã, Mané Garricha e Fonte Nova têm conclusão prevista para fevereiro. A Arena Pernambuco, segundo o governo local, estará pronta apenas em abril. O cenário é parecido com o sul-africano. Por lá, todas as arenas foram abertas nos últimos quatro meses de preparação.

Castelão receberá três jogos da Copa das Confederações (crédito: Secopa/Divulgação)


Confira os números da preparação alemã, sul-africana e brasileira:

2005 – Alemanha - custo total: R$ 1,32 bilhão

Cinco sedes:
Waldstadion – Frankfurt (4 jogos)Construído em 1925. Reforma: de julho de 2002 a maio de 2005
Custo: R$ 488,8 milhões
Capacidade: 48,1 mil
RheinEnergieStadion – Colônia (3 jogos)Construído em 1923. Reforma: de dezembro de 2001 a junho de 2004
Custo: R$ 286 milhões
Capacidade: 46,1 mil
AWD Arena – Hannover (3 jogos)Construído em 1954. Reforma: de março de 2003 a dezembro de 2004
Custo: R$ 163,8 milhões
Capacidade: 44,6 mil
Zentralstadion – Leipzig (3 jogos)Construído em 1956. Reforma: de dezembro de 2000 a março de 2004
Custo: R$ 235,5 milhões
Capacidade: 44,2 mil
Frankenstadion – Nuremberg (3 jogos)Construído em 1928. Reforma: de julho de 2002 a abril de 2005
Custo: R$ 145,6 milhões
Capacidade: 41,9 mil

2009 – África do Sul - custo total: R$ 240,5 milhões

Quatro sedes:
Ellis Park – Johanesburgo (5 jogos)Construído em 1982. Reforma concluída após março de 2009
Custo: R$ 55 milhões
Capacidade: 61 mil pessoas
Loftus Verfeld – Pretória (3 jogos)Construído em 1906. Reforma concluída em 7 de fevereiro de 2009
Custo: R$ 40,8 milhões
Capacidade: 50 mil pessoas
Free State – Bloemfontein (4 jogos)Construido em 1952. Reforma concluída após março de 2009
Custo: R$ 55 milhões.
Capacidade: 48 mil pessoas
Royal Bafokeng – Rustemburgo (4 jogos)Construído em 1999. Reforma concluída após março de 2009
Custo: R$ 89,7 milhões
Capacidade: 42 mil pessoas

2013 – Brasil- custo total: R$ 3,97 bilhões
Seis sedes:
Maracanã – Rio de Janeiro (3 jogos)Construído em 1950. Reforma deve ser concluída em 28 de fevereiro de 2013
Custo: R$ 859,9 milhões
Capacidade: 76 mil pessoas
Mineirão - Belo Horizonte (3 jogos)Construído em 1965. Reforma deve ser concluída em 21 de dezembro de 2012
Custo: R$ 695 milhões
Capacidade: 62 mil pessoas
Castelão - Fortaleza (3 jogos)Construido em 1973. Reforma deve ser concluída em 18 de dezembro de 2012
Custo: R$ 518,6 milhões
Capacidade: 67 mil pessoas
Nacional Mané Garrincha – Brasília (1 jogo)Construído em 1974. Reforma deve ser concluída em fevereiro de 2013
Custo: R$ 812,2 milhões
Capacidade: 71 mil pessoas
Fonte Nova – Salvador (3 jogos)Construído em 1951. Reforma deve ser concluída em fevereiro de 2013
Custo: R$ 591,7 milhões
Capacidade: 65 mil pessoas
Arena Pernambuco – Recife (3 jogos)Construção deve ser concluída em abril de 2013
Custo: R$ 500,2 milhões
Capacidade: 46 mil pessoas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário